Pages

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Daquilo que eu chamo de amor

Nunca tive a sorte de trombar com o meu ídolo andando tranquilamente por aí. Nunca consegui vê-lo no hotel ou no aeroporto. Admito que paguei (e muito bem!) para conseguir ficar cara a cara com o objeto do meu fanatismo. Sabendo o dia e a hora do encontro, treinei semanas durante horas e horas na frente do espelho o que dizer e como agir. Nada de fã escandalosa. Iria conversar com ele numa boa, perguntar sobre a carreira e os novos projetos dele, pedir uma foto, um autógrafo. Mas bastou colocar a cabeça para dentro da sala e vê-lo ali em carne e osso que eu já não lembrava mais de nada. Foi um apagão pior do que o de Itaipu. O choque foi tanto que não consigo, até agora, saber o que eu disse e o que eu fiz. Sei que fiquei olhando para ele hiptonizada por aquele sorriso como uma criança de cinco anos, sem qualquer reação. Nem choro, nem grito, nem nada! Me sentia anestesiada pelo momento, pela emoção. Não dá pra explicar o que se passa na nossa cabeça nessa hora e, muito menos pra medir nossa reação. Duas fotos e um postal autografado depois, senti uma sensação de reticências, de um encontro inacabado. Queria voltar naqueles segundos e dizer com a boca cheia: Christopher, eu te amo! ♥

Um dia te habré de alcanzar, amor! - Cinco de junho de 2009

Post para o TDB: O que você faria se esbarrasse com o famoso que mais ama?

6 comentários:

rezitcha's ;) disse...

Ouun que linda!! *-*
Que bom que se indentificou com as minhas palavras! fico feliz quando elas tocam outras pessoas!
E meldels! acho que eu teria a mesma reação que a sua se encontrasse algum famoso que eu gosto por aí...ficaria paralisada ou acho que teria um piripaque igual o do chaves! ahushsuhsauhaua
beijão!

Jaqueline Soares disse...

Nossa, você disse tudo o que uma pessoa sente quando encontra com seu ídolo! Sou muito fã do Christopher também e admito que quando eu o vi na minha frente, fiquei completamente muda, parece que eu não sabia falar nada, sem contar que eu tinha ensaiado altas coisas pra falar pra ele, mas não saiu nem a primeira letra AUSHASHAUS'. A gente fica totalmente hipnotizada, mas o bom é que a gente guarda com todo o carinho do mundo, aquela imagem, ou melhor, aquele homem lindo na nossa frente! *-* AUHSAUSHAUSH' Que bom que você sentiu isso, é tão bom tá do ladinho do seu ídolo, é inacreditável! Amo seu blog! Parabéns :D
Beeeijos

Lola disse...

Lindo! Lindos! *-*
Realmente é muito lindo quando entramos naquela sala e vemos que eles, de fato, existem! HAHAHAHAHA

ps: merece publicação, hein!

Tiêgo disse...

Ai,quem me dera ter tido essa sorte toda... Putz. Meu sonho seria topar com a Rihanna ou com aquele TIAGO IORC, MEU ÍDOLO MAIOR *-* Tenho uma tendência absurda a amar os Tiagos, mas enfim... Ficaria sem ação e sem sombra de dúvida o atacaria! Meu ídolo não vai passar duas vezes na minha frente. E eu não seria louco de desperdiçar uma chance dessas! saushasuhas

Ai, a revista. Tay, boa sorte, tô torcendo até a alma por você! Tomara que eles leiam minha página. suhaushuahsau/ falandosério, você merece tudo de bom e não vai ser uma banca de jurados que vai estragar isso. Você arrasa, Tay, arrasa!

Beijo:*/ te amo ♥/ e mal vejo a hora de ver a revista *-*

Cath disse...

Nunca me veio na cabeça o q fazer se ou quando eu encontrar o meu maior ídolo.Eu, sinceramente nem sei o que fazer, o que dizer...Mas enquanto isso eu vou me preparar e estudar mais o Inglês para o caso de eu encontrar Ashley Greene, Robert pattinson ou Taylor Lautner andando tranquilamente pelas ruas. E vou começar a treinar na frente do espelho.

Vitor Renna disse...

ai eu tbm queria voltar e dizer isso! poxa!