Pages

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Sincronicidade

Ninguém acreditava que eles se dessem tão bem, visto que eram tão iguais. Gostavam das mesmas coisas, tinham os mesmos planos e dividiam os mesmos sonhos. Pareciam siâmeses tamanha a sincronia que possuíam. Se entendiam pelo olhar, sabiam o que o outro estava pensando mesmo sem se ver, mesmo longe. Ainda que não se tocassem, se sentiam. Não importava muito a distância que estivessem, tudo tinha a mesma intensidade. Eles eram o encaixe perfeito. Eram um a peça que faltava na vida do outro. Contrariavam a lógica e provavam que, se opostos se atraem, pólos iguais não se repelem, mas se completam. Não tinham mais diferenças, as haviam superado. Mas ainda tinham a individualidade. Gostavam de fazer as coisas sozinhos, precisavam daquela liberdade e era por ela que viviam tão bem. Se amavam tanto que já conheciam os limites e os respeitavam. Até nisso eram iguais, eram passáros, animais selvagens, cães sem dono. Amavam-se a si mesmos antes do outro. Amavam a vida, os prazeres, as amizades, as coisas simples. Se encontraram por acaso e se entenderam por destino.

12 comentários:

• ana p. disse...

Oii Tay, agradeço a sua visita :D
que bom que tenha gostado do texto, aah logo voce arranja um namorado pra amar muuuito rsrs!
Aaah mas nunca é tarde pra essa pessoa dizer essas coisas *-*
Também amei seu texto, tem gente que diz que duas pessoas que tem o mesmo gosto, fazem as mesmas coisas e tal, não dão certo, eu sou contra! Acho que por gostarem das mesmas coisas, podem dar certo sim, porque se uma pessoa for muuito diferente da outra nunca dará certo, ou levará muito tempo pra fazer dar certo.

Beijoos :*

Raquel Granja disse...

Adorei este texto!
"Contrariavam a lógica e provavam que, se opostos se atraem, pólos iguais não se repelem, mas se completam."
É importante nunca perdermos a individualidade. É preciso viver com as diferenças e semelhanças.
Gostei mesmo *

islla disse...

oooii viu,obg pela visita *-* e eu como sempre,amei seu texto!
eh mt bom,ter uma pessoa que nos entenda tao bem *-*
bjao

Jeniffer Yara disse...

Aii que linda história!!!!*.*

"Amavam a vida, os prazeres, as amizades, as coisas simples. Se encontraram por acaso e se entenderam por destino."

Assim eu me derreto mais do que sou derretida...rsrsrs...Esse tal de romantismo que não sai da minha cabeça...lendo seu texto aí que ele não sai mesmooo...rsrs

Bjins...
;*

Wilian Bincoleto Wenzel disse...

Que texto perfecto! ><

É difícil encontrar um casal assim hoje em dia! Teria que ser uma sincronia muito perfeita mesmo!
Que bom que você conseguiu descrever isso tão bem!

-- -- -- --

Saber que estou emocionando uma de minhas leitoras é muito gratificante pra mim! Obrigado pela presença constante e pelos comentários! Ah, quando se interessar por alguém, me mostre ele, tenho um faro bom para cafagestes. Aí eu já te digo! :P

Beijochecha! (;

* shine disse...

Adorei esse texto, muito romântico e pans *-* - haha ;x

beijos

may disse...

eu quero um amor assim, que me conheça tão bem e respeite meus limites tambem *-*

Jessica disse...

Cara, nem preciso dzer o que achei do texto, né?! Você sempre ARRASA!
Adoro teus textos!
Continua assim hein?! ^^
Beijããão =*

[lafete.deep-love.org]

Clarisse disse...

Oi querida, como vai?
Adorei seu blog.
Já li esse texto em algum lugar, mas não lembro onde. Me lembra muito Martha Medeiros. =)
É lindo.
Estou te seguindo.
Bjos.

imperfeito-pensamento.blogspot.com

Barbara Carolina disse...

Oi querida, eu amoo seu blog, sempre acompanho... Dá uma olhadinha no meu? Só não estranha pouca postagem, ele é novo :D Beijos ;*
http://cindy-cinderella.blogspot.com

Daday Zone disse...

Oi Tay
^^ Que lindo esse texto
*_* Adorei :)

Beijos

http://dadayzone.butterock.com/

Beatriz Oliveira disse...

Nossa, super bom.
Eu acho isso importante. Essa coisa de amar e saber os limites. Acho que mesmo quando a sincronia não é muita, as pessoas tem que saber a destância entre 'uma linha e outra'