Pages

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Sexo

Fazer sexo não é lá tão complicado. Duas pessoas, dois corpos, uma vontade e pronto. Simples, rápido e quase indolor na maior parte do tempo. Acontece por impulso, porque o organismo pede e não dá muito para controlar a vontade. Ela aparece quando você menos espera e, muitas vezes, em hora, lugar e com pessoa errada. Mas, levado pelo desejo, a gente acaba se entregando sem pensar. Deixa o momento e a intensidade do físico rolarem e aproveita. Ou nem tanto. E então aqueles minutos, horas terminam e ai? Você vai para um lado e ele para o outro e o que fica?

Posso ser antiquada, romântica demais ou qualquer outro adjetivo nessa linha, mas não vejo função nisso. Sexo por sexo, por satisfação e por puro prazer não me atrai. Tenho plena convicção que valho muito mais que meia hora de gemidos e que sou muito mais do que um corpo atraente. Possuo cérebro, sabe? Gosto de conversa, preliminares e lentidão. Descobrir cada gosto, cada toque, cada preferência aos poucos, em doses homeopáticas. Adoro o mistério e aquele friozinho na barriga. Sou fã número um do fator amor ou pelo menos do fator paixão antes de ir para cama com o primeiro par de calças mais ajeitadinho que passar.

Confesso que não fiz as coisas direito quando deveria e, se pudesse voltar no tempo, definitivamente corrigiria o maior dos meus erros. Não morro de arrependimento e não, não foi tão desastroso assim. Mas para quem já tinha esperado tanto alguns meses ou anos a mais não ia ser difícil. Concordo que esperar pelo príncipe encantado não faz sentido, porém esperar aquele que vai te enxergar muito além de um corpo, com certeza, faz toda diferença.


"We got the afternoon
You got this room for two
One thing I've left to do
Discover me
Discovering you"
(Your body is a wonderland - John Mayer)

6 comentários:

Del disse...

Nunca se arrependa de suas atitudes, pois foram elas que a fez ser quem é hoje. Quanto ao assunto sexual, pense sempre que foi bom pra você, que queria, que aproveitou e curtiu o momento. Afinal se teve prazer, pelo menos valeu a pena!!!

Jeniffer Yara disse...

Concordo como tudo que disse,o sexo hoje é visto como algo normal entre duas pessoas que se atraíram numa festa e resolveram fazê-lo,e existem pessoas que confundem o sexo com amor,ou paixão,algo totalmente errado.O amor e o sexo foram banalizados e pensamentos como o seu são poucas pessoas que têm!
Eu também fiz coisas erradas,mas não dá para se arrepender,os erros vêm para nos concertar e sermos quem somos hoje.;)

Muito boa sua reflexão.
Beijos.

Vicky Doretto disse...

Concordo com você.
Eu quero encontrar alguém me me respeite antes de tudo sabe? que não faça só por fazer e sentir prazer, mas que seja por algo mais... por amor entre tudo.

BJão

Tiêgo disse...

Acho o sexo uma coisa tão retardada! Sou assexuado, então nem posso falar muito, mas acho que se fosse sexuado, faria apenas se a pessoa me amasse. SEXO POR SEXO NÃO ROLA, como você disse.

Beijo, Tay :* AMO VOCÊ ♥

Etienne disse...

Concordo plenamente :D

Nathy disse...

Concordo com todas as suas palavras!